Saúde Oral

A saúde oral é parte integrante e essencial da saúde geral, ou seja, a ocorrência de uma determinada patologia na cavidade oral de um indivíduo poderá causar igualmente dores, dificuldades na mastigação e na fala, bem como a diminuição da sua qualidade de vida e, consequentemente, afeta a sua saúde em geral2.

Neste sentido, as condições da saúde oral têm um forte impacto na avaliação da sua qualidade de vida, pois nem só os indicadores clínicos individualmente podem descrever a satisfação ou os sintomas dos doentes ou a sua capacidade para desempenhar as suas tarefas diárias como sorrir, falar, morder, mastigar e que afetam a sua relação de bem-estar pessoal e social1,3.

Tal como a cárie dentária, a doença periodontal surge identicamente como uma doença oral predominante na população. Apelidada vulgarmente como a doença das gengivas, aparece, num estádio inicial, como gengivite, uma inflamação do tecido gengival, caracterizada por inchaço, vermelhidão e hemorragia da gengiva. Sem tratamento, esta doença pode evoluir para uma periodontite, envolvendo os tecidos periodontais mais profundos, levando à retração da gengiva, a perda do osso de suporte do dente e, consequentemente, a perda do dente 5,6.

A promoção e a prevenção da saúde oral podem resultar na redução da prevalência de cáries e de outras patologias associadas. As boas práticas de higiene, como a escovagem dos dentes pela manhã e ao deitar, bem como, o uso de pastas dentífricas enriquecidas com flúor previnem não só as cáries, mas também a doença periodontal e as gengivites4.

Deste modo, com foco na prevenção, surge o Higienista Oral, responsável pela área de diagnóstico e terapêutica que presta cuidados de saúde preventivos e terapêuticos, onde a Destartarização é o elemento fulcral para toda a remoção de placa bacteriana e tártaro depositados nos seus dentes. E você, já agendou a sua consulta com o seu Higienista Oral?

Cristiana Carreira | Higienista Oral | Clínica Dentária S J Talha – Leiria

1Anon (2014). Progama Nacional de Promoção da Saúde oral (PNPSO). Acedido em: https://www.saudeoral.min-saude.pt
2Lopes, P.A.F.C. (2012). Estilos de vida e prevenção primária na saúde oral em ambiente escolar. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Coimbra.
3Montero-martín, J. et al. (2009). Validation the Oral Health Impact Profile (OHIP-14sp) for adults in Spain. J Clin Exp Dent., 1(1).
4Patel, R., & Advisor, D. (2012). Better Oral Health European Platform, 2012. The State of Oral Health in Europe. Acedido em: http://www.oralhealthplatform.eu/state-oralhealth-europe.
5MS – Ministério da Saúde (2006c) Problemas e Doenças Orais a evitar, http://www.portaldasaude.pt/portal/conteudos/enciclopedia+da+saude/saude+oral/saudeoral.htm (28.11.2009).